Serviços e Especialidades

2ª a 6ª feiras
das 8:00 às 12:00 hrs
13:30 às 18:00 hrs

Sábados
das 9:00 às 13:00 hrs.

Diagnóstico Laboratorial

2ª a 6ª feiras
das 8:00 às 12:00 hrs
13:30 às 17:00 hrs

Sábados
das 9:00 às 11:30 hrs.

Saiba quais são os 10 principais gastos com cães e gatos

No ano passado, o mercado de pets movimentou R$ 10,14 bilhões no Brasil, 8,5% a mais que em 2009. Agora em 2011, a estimativa é que esse mercado movimente R$ 11,26 bilhões, segundo o estudo Pet Brasil, realizado pela Gouvêa de Souza. A pesquisa, realizada com 1.040 pessoas donas de animais de estimação em São Paulo, Recife, Rio de Janeiro e Porto Alegre, aponta que 73% possuem cães e 24% gatos.

Gastos

Cada vez mais os consumidores gastam com seus animais de estimação. "O animal se tornou membro da família", diz o veterinário João Carlos Colombo, que trabalha na área há 25 anos. De acordo com ele, há pessoas que deixam de gastar com elas para gastar com o seu pet.

Veja os dez gastos que os donos têm com seus cães e gatos:

Alimentação: segundo a gerente de marketing de uma grande loja de produtos para animais de estimação, Daniela Bochi, o gasto com os cães varia conforme o porte do animal. No caso de cães de grande porte, como rottweiler, pastor alemão e boxer, o dono gasta, em média, R$ 140 por mês. Já com animais de médio porte, como cocker spaniel e schnauzer, o gasto médio é de R$ 65. Os cães de pequeno porte são os que menos consomem ração, portanto, os gastos também são mais baixos, chegando em média a R$ 30 por mês.

Veterinário: além dos gastos com a consulta rotineira ao veterinário, há possibilidade de gastos esporádicos, ou seja, quando o animal apresenta alguma doença, como problemas respiratórios, gastrointestinais e problemas na pele. Nesses casos, segundo Colombo, os gastos chegam a R$ 600.

Medicamento: de acordo com o veterinário, o gasto médio com medicamentos para os pets é de R$ 50 a R$ 70 por enfermidade. Ou seja, se o animal ficar doente mais de uma vez no ano, o gasto será duplicado. A gerente de marketing acrescenta que os medicamentos de prevenção contra pulgas, que são de aplicação mensal, chegam a custar R$ 60.

Vacina: os donos, tanto de cães quanto de gatos, gastam de R$ 150 a R$ 180 somente em vacinas, segundo Colombo. Em comum, os pets devem tomar todo ano a vacina contra a raiva.

Banho: proprietários que levam os animais de estimação para tomar banho em pet shop devem ficar atentos, porque o valor varia conforme o porte do cão. Segundo Daniela, os donos de cães de grande porte gastam até R$ 60. Já o banho dos animais de pequeno porte chega a R$ 30, e o dos médios, R$ 36.

Tosa: em época de calor, os cães mais peludos, para não sofrer com as altas temperaturas, são tosados. Os gastos variam de R$ 40 a R$ 70.

Acessórios: escova para os pelos, escova e pasta de dente, roupas, fralda higiênica, gel para a limpeza das patas, carrinhos de passeio e brinquedos. Esses são apenas um pouco dos muitos acessórios para pets. De acordo com Colombo, os gastos mensais com esses itens chegam a R$ 80.

Hotel: quando o dono viaja e não tem como levar seu animal de estimação consigo, os hotéis para pets podem ser uma solução. De acordo com a proprietária da Dogtown, Renata Caetano, há hotéis nos quais os animais ficam presos o dia inteiro e aqueles nos quais os animais ficam livres a maior parte do dia. No entanto, segundo Colombo, os donos procuram hotéis que permitam aos animais ficarem soltos. De acordo com Renata, a diária varia de R$ 50 a R$ 90, dependendo do pacote e feriados.

Creche: quando os donos saem para trabalhar, os cães ficam em casa, muitas vezes sozinhos, o que acaba estressando o animal e fazendo com que ele estrague objetos da casa para chamar a atenção. Na creche para cães, o animal pode se sociabilizar com outros cães. Porém, Colombo explica que, para o animal entrar tanto no hotel quanto na creche, ele deve estar com todas as vacinas em dia, com controle de vermifugação e ectoparasitas (carrapatos). Além da saúde, Renata também diz que os animais devem ser sociáveis. A mensalidade da creche varia de R$ 300 a R$ 700.

Adestramento: engana-se quem pensa que adestramento é somente para o cão proteger a casa. Segundo Colombo, a maioria dos cães que vão para o adestramento tem problemas de comportamento, como morder objetos da casa, agressividade, latir em excesso, medo de sair na rua ou andar de carro. O custo do adestramento, segundo Renata, é de R$ 50 a R$ 60/hora-aula.


Fonte: Info Money (acessado em 22/09/2011)

Voltar
Pet Imagem Vega Pix | Imagem & Criação

Rua Senador Batista de Oliveira, 202 | Curitiba/PR
Fone: 41 3076-4300 | Fone/Fax: 41 3267-4303

Orkut Facebook