Serviços e Especialidades

2ª a 6ª feiras
das 8:00 às 12:00 hrs
13:30 às 18:00 hrs

Sábados
das 9:00 às 13:00 hrs.

Diagnóstico Laboratorial

2ª a 6ª feiras
das 8:00 às 12:00 hrs
13:30 às 17:00 hrs

Sábados
das 9:00 às 11:30 hrs.

Animais abandonados é um problema social que precisa ser repensado

A chegada de um cãozinho de estimação geralmente é motivo de alegria. Recebidos com festa, em alguma data comemorativa ou como agrado a um ente querido, eles logo ganham um nome e recebem atenções regadas de carinhos. Mas, com o passar do tempo, aquele lindo filhotinho aumenta de tamanho, ganha alguns quilos, fica mais forte e deixa de ser novidade. Suas brincadeiras já não são mais encaradas com bom humor, suas características começam a incomodar. É assim que muitas histórias de abandono têm início.

O número de animais deixados nas ruas todos os anos é grande. Enquanto pequeno, o cão é bonitinho, mas depois que cresce e começa a dar problemas, as pessoas os abandonam.

A mudança de casa também é um motivo que leva muitos donos a deixarem seus cães sem lar, mas isto não justifica a ação, pois o cão é fiel e não abandonaria o seu dono. Mas pelo que vemos o dono o abandona como se fosse um objeto.

Deixados sozinhos nas ruas ou largados em frente ao portão da casa, os animais chegam a esperar pela volta do proprietário. Muitos animais ficam andando pela rua do antigo lar e também correrem atrás do carro, após terem sido deixados numa rua qualquer.

Abandonar é crime

Presenciar agressões e abandonos a animais pode não ser comum para a maioria da população, porém casos assim acontecem todos os dias. Os abandonos ocorrem tanto em cidades grandes, como no interior e durante todo o ano. Mas o que nem todos sabem é que esses atos são considerados crimes e por Lei podem levar à prisão do dono.

“Chegará o dia em que o homem conhecerá o íntimo dos animais. Nesse dia um crime contra um animal será considerado um crime contra a própria humanidade.”
(Leonado Da Vinci)

Voltar
Pet Imagem Vega Pix | Imagem & Criação

Rua Senador Batista de Oliveira, 202 | Curitiba/PR
Fone: 41 3076-4300 | Fone/Fax: 41 3267-4303

Orkut Facebook